Translate

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Tiririca e outros 17 deputados eleitos declaram não ter qualquer patrimônio


Sex, 04 Fev, 09h01

RIO - Um levantamento do site Congresso em Foco revela que 18 deputados eleitos, entre eles o palhaço Tiririca (PR-SP), declararam à Justiça Eleitoral, no ato de registro de candidatura, não ter nenhum tipo de bem. Na época da campanha, o comediante foi acusado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) de omitir dados da sua declaração de bens. O órgão fez a denúncia após reportagem publicada pela revista 'Veja' no ano passado, que mostrou que Tiririca não declarou patrimônio por conta de processos trabalhistas e de sua ex-mulher. A denúncia, no entanto, acabou foi rejeitada pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP). ( Leia também: Legendas terão direito a cerca de R$ 300 milhões do Fundo Partidário )

Entre os parlamentares que fazem parte das listas estão ainda a terceira candidata mais votada de São Paulo, Bruna Furlan (PSDB), de 27 anos, o ambientalista Alfredo Sirkis (PV-RJ) e Nilton Capixaba (PTB-RO), réu na Justiça Federal de Mato Grosso como um dos pivôs do escândalo dos sanguessugas. Ele foi apontado pela CPI como um dos líderes do "braço político" do esquema de venda de emendas parlamentares e superfaturamento de ambulâncias. Nilton Capixaba foi acusado ainda de receber R$ 631 mil do esquema, o segundo maior montante dentre todos os congressistas.

O Conselho de Ética da Câmara chegou a pedir, em 2006, a cassação do mandato de Capixaba. No entanto, a legislatura terminou antes da análise do pedido pelo plenário. Nilton Capixaba se defende, classificando as acusações como levianas.

- Nilton Capixaba acredita na Justiça e tem certeza de que a população vai saber discernir este momento lamentável da política de Rondônia - disse a assessoria do petebista ao Congresso em Foco durante a campanha eleitoral. Capixaba voltou à Câmara com a terceira maior votação da bancada de Rondônia: 52 mil votos.

Conheça os 18 deputados que declararam não ter bens:

1.Alfredo Sirkis (PV-RJ)

2.Amauri Teixeira (PT-BA)

3.Arnaldo Jordy (PPS-PA)

4.Aureo (PRTB-RJ)

5.Bruna Furlan (PSDB-SP)

6.Davi Alcolumbre (DEM-AP)

7.Dr. Grilo, (PSL-MG)

8.Dr. Paulo César (PR-RJ)

9.Evandro Milhomem (PCdoB-AP)

10.Henrique Oliveira (PR-AM)

11.Lindomar Garçon (PV-RO)

12.Luiz Carlos (PSDB-AP)

13.Márcio Marinho (PRB-BA)

14.Mendonça Prado (DEM-SE)

15.Nilton Capixaba (PTB-RO)

16.Pastor Eurico (PSB-PE)

17.Tiririca (PR-SP)

18.Vinicius Gurgel (PRTB-AP)



Fonte: Agência O Globo Conforme Yahoo